top of page

BLOG - Doenças e suas curas - Parte 3 - 31 a 50





31) DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS As doenças inflamatórias intestinais são doenças crônicas que inflamam os intestinos em diferentes intensidades. As doenças mais conhecidas são a Doença de Chron, Retocolite Ulcerativa e Colites Indeterminadas. A planta a ser utilizada é o eucalipto. O eucalipto absorve toxinas do intestino e alivia as inflamações. Tratamento: Chá. Ferva 250 ml de água e quando chegar chegar no ponto de fervura, desligue a água e coloque 1 colher (sopa) de eucalipto e deixe a infusão tampada por cerca de 10 minutos. Tome quando amornar. Pode tomar 3 vezes por dia.


32) DOR DE CABEÇA A dor de cabeça acontece por diversos motivos, que vão desde um dia estressante até um aneurisma. Por isso é fundamental buscar a opinião de um profissional para saber a causa da sua dor de cabeça. Mas em casa, como tratamento complementar, uma boa alternativa é a camomila. A camomila possui propriedades calmantes, reduz a pressão arterial e relaxa os músculos. Tratamento: Chá. Ferva 250 ml de água e quando levantar fervura, desligue o fogo e coloque 1 colher (chá) de flores de camomila. Deixe abafado por cerca de 10 minutos e pode tomar quando estiver morno. Você pode tomar esse chá de 3 a 4 vezes no dia.


33) DOR DE DENTE A dor de dente é uma dessas dores que acabam com o humor de qualquer pessoa pois se trata de uma dor contínua, que reflete na garganta e em outros dentes. A causa pode ser cárie, sinusite, infecção de ouvido e até mesmo ataque cardíaco. O tratamento aqui é com cravo. O cravo possui propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e analgésicas, e foi muito utilizado na odontologia antes dos medicamentos se popularizarem. O princípio ativo responsável por essa utilidade é o eugenol. Tratamento: Lavagem. Misture 100 ml de azeite de oliva com 1 colher (sopa) cheia de cravo moído e deixe cozinhar no banho maria por 1 hora. Assim que esfriar, coe e aplique com a ajuda de um cotonete sobre o dente dolorido. Mas não deixe de forma alguma de visitar o dentista. Somente tratando o problema pela raíz, será possível não sentir mais a dor.


34) DOR DE GARGANTA A dor de garganta pode acontecer por motivos que vão desde infecções por bactérias, vírus, lesões e uso excessivo da voz. Também pode indicar uma amigdalite. Ela ainda ocorre como resultado de faringite, tabagismo, ambientes poluídos, respirar pela boca e pêlo de animais. Um tratamento complementar pode ser feito sem maiores problemas, e a planta a ser utilizada aqui é o gengibre. O gengibre possui propriedades anti-inflamatórias, antivirais, antibacterianas, analgésicas e alivia os sintomas imediatamente. Tratamento: Gargarejo. Coloque 300 ml de água e 5 rodelas finas de gengibre para ferver. Depois que ferver, deixe no fogo por mais 5 minutos e então, desligue. Quando estiver morno, coe e pode fazer o gargarejo. Essa ação pode ser repetida até 3 vezes ao dia.


35) DOR NAS COSTAS A dor nas costas é uma dessas condições que podem acontecer por incontáveis motivos e ída a um profissional é muito importante para saber a causa do problema. Como tratamento complementar, a solução é o mentrasto. O mentrasto - também conhecido como picão-roxo e catinga de bode - possui propriedades anti-reumáticas, anti-inflamatórias e cicatrizantes. Tratamento: Compressa. Ferva 500 ml de água juntamente com 1 colher (sopa) cheia de folhas de mentrasto. Após a fervura, deixe por mais 5 minutos. Espere amornar para, então, colocar um pano limpo ou gaze na mistura para umedecer e aplicar sobre a dor. Deixe agir por 20 minutos. Faça enquanto achar necessário.


36) DOR NO ESTÔMAGO Dor proveniente do interior do abdômen ou da parede muscular externa, que varia de leve e temporária a intensa, exigindo atendimento de emergência. A dor de estômago pode ser causada pela má alimentação, prisão de ventre, gases, problemas emocionais ou pela toma de algum remédio por muitos dias seguidos como no casos dos anti-inflamatórios. Neste último caso, recomenda-se tomá-los junto às refeições para diminuir as chances da dor de estômago aparecer. Esse incômodo pode ser tratado com o chá de Dente-De-Leão, justamente por ele ser anti-inflamatório, diurético e estimulante do apetite. Tratamento: Chá. Ingredientes: ● 1 colher de sopa de folhas secas de dente-de-leão ● 1 xícara de água fervente. Colocar os ingredientes numa xícara, deixar descansar por 10 minutos e beber a seguir. Além destas opções, os chás de Capim-Limão, Ulmária ou de Lúpulo são outras opções de remédios caseiros que podem ser usados para tratar a dor de estômago.


37) DORES MUSCULARES As dores musculares acontecem por uma grande gama de situações, que vão de esforços até inflamação do músculo, tecidos, ligamentos ou artérias. Pode ser causada também por espasmos, câimbras, impactos, contusões, torções (...) A planta a ser utilizada é a arnica. A arnica possui propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antioxidantes. Essa combinação ajuda no tratamento das dores musculares. Tratamento: Uso tópico. Misture 1 colher (café) de cera de abelha, 45 ml de azeite de oliva e 4 colheres (chá) de folhas e flores de arnica picadas. Coloque todos os ingredientes em uma panela e deixe ferver por 5 minutos no banho-maria. Em seguida, apague o fogo e deixe por 2 horas para que todas as propriedades sejam extraídas. Coe a misture e guarde o líquido em um recipiente de vidro que deverá ser mantido em local seco, escuro e arejado. Pode aplicar cerca de 3 vezes ao dia.


38) ECZEMA Eczema é uma irritação que acontece na pele e pode variar entre lesões agudas, subcutâneas e crônicas. A orientação profissional deve ser respeitada e como tratamento complementar, a planta é a copaíba. A copaíba é anti-inflamatória, antibiótica, ativa a circulação e desintoxica o organismo. Tratamento: Uso tópico. Corte a ponta de uma folha de babosa e com a ajuda de uma colher, retire o gel de dentro. Aplique o gel diretamente sobre a eczema. Enrole um plástico filme e deixe agir por 15 minutos. Entãop ode retirar. Repita a operação por até 3 vezes no dia.


39) ENVELHECIMENTO PRECOCE O envelhecimento acontece naturalmente com o tempo devido a muitos fatores, incluindo os radicais livres que se acumulam no organismo por diversas maneiras. Mas ele pode vir antes do tempo. Alimentos antioxidantes ajudam a manter a elasticidade da pele e a qualidade de todas as células, mas existe como diminuir essa agressão através das plantas. A planta a ser utilizada aqui é a babosa, novamente. A aloe vera possui ácido málico e ele dá firmeza à pele, reduzindo cicatrizes, manchas e rugas de maneira natural. Tratamento: Uso tópico. Em um recipiente de vidro, misture 1 colher (sopa) do gel da babosa, 1 colher (sopa) de óleo de coco e 1 colher (sopa) de mel orgânico. Misture até ficar homogêneo e aplique sobre o rosto. Deixe agir por 20 minutos. Enxágue com água fria e repita a cada 2 dias.


40) ERUPÇÕES CUTÂNEAS As erupções cutâneas causam descamação na pele, coceira e vermelhidão. Podem acontecer por processos alérgicos, infecciosos ou outros. Ela pode ser aguda ou crônica. O tratamento complementar é com a camomila. A camomila possui propriedades anti-inflamatórias e calmantes, sendo reconhecida pela eficácia em tratar feridas e infecções. Tratamento: Compressa. Coloque 500 ml de água para ferver. Quando chegar ao ponto de ebulição, adicione 3 colheres (sopa) de flores de camomila seca. Deixe abafar por 10 minutos e espere amornar. Utilize um pano limpo para mergulhar no chá de aplique diretamente sobre as erupções.


41) ESCABIOSE (SARNA) Escabiose é uma doença altamente infecciosa causada pelo ácaro parasita Sarcoptes scabie, que é transmitido pelo contato íntimo entre pessoas ou até mesmo pelas roupas. Ele se alimenta da queratina, ou seja, proteína encontrada na camada superficial da pele. O tratamento complementar é feito com a planta é o O alecrim possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Tratamento: Banho. Misture 1 l de água com um punhado de folhas de alecrim e quando levantar fervura, deixe por mais 5 minutos. Misture com um pouco de água fria ou espere amornar e jogue do pescoço para baixo após seu banho e deixar secar naturalmente. Pode repetir até 3 vezes ao dia.


42) ESCARA Escara, ou úlcera de pressão ou de decúbito, é causada pela deficiência prolongada na irrigação de sangue e na distribuição de nutrientes nas áreas do corpo, sendo impactada pela pressão externa. A planta a ser utilizada no tratamento é o confrei. O confrei é conhecido por sua alta capacidade cicatrizante. Tratamento: Uso tópico. Misture 1 colher (sopa) de confrei em 200 ml de água para obter uma pasta homogênea, Então é só aplicar sobre as escaras. Lembrando que antes de utilizar qualquer produto em ferimentos, você precisa conversar com seu médico pois as escaras podem precisar de tratamento cirúrgico - inclusive - imediato. Ou, ainda, uma associação com antibiótico.


43) ESCLERODERMIA A esclerodermia é uma doença que afeta o tecido conjuntivo. Não tem uma causa conhecida. É uma doença autoimune e não é contagiosa. Costuma impactar em maior número, as mulheres. O tratamento aqui é com cúrcuma. A cúrcuma possui compostos chamados curcuminóides, o mais importante é a curcumina. A curcumina é o principal ingrediente ativo do açafrão. Ela possui efeitos anti-inflamatórios potentes e é um antioxidante muito eficiente. Tratamento: Uso tópico. Coloque 2 colheres (chá) de açafrão em 150 ml de água. Mexa bem atpe formar uma pasta. Embebede um pedaço de algodão na mistura e aplique por 20 minutos, 2 vezes ao dia.


44) ESCORBUTO O escorbuto ocorre pela deficiência de vitamina C no organismo e costuma resultar em sangramentos na gengiva, inflamação das articulações, queda de cabelo e anemia. Pode chegar, inclusive, à morte. O tratamento complementar é feito com o limão. Poderosa fonte de vitamina C, o limão é altamente recomendado no tratamento do escorbuto. Tratamento: Consumo. Misture o suco de 3 limões em 200 ml de água e beba de 3 a 4 vezes ao dia. Se o sabor estiver muito azedo, adicione 1 colher (chá) de mel orgânico.


45) ESQUISTOSSOMOSE (BARRIGA D’ÁGUA) Essa é uma doença parasitária causada pelo Schistosoma mansoni que, a princípio, é assintomática. Mas pode se agravar para quadros crônicos, podendo ser necessário uma internação e pode causar morte. Essa doença é causada pelo contato com água doce onde existam caramujos hospedeiros dos parasitas responsáveis pela doença. Quando ela atinge níveis críticos, os sintomas mais evidentes são febre, dores no corpo e falta de apetite. O tratamento complementar é feito com o rábano-silvestre. Rábano-silvestre é uma planta com ação anti-inflamatória, antimicrobiana, antiséptica e laxativa. Tratamento: Chá. Coloque 300 ml de água e 2 colheres (chá) de rábano-silvestre para ferver. Quando ferver, deixe repousar por 5 minutos. Espere amornar e consuma de 2 a 3 vezes por dia.


46) ESTRESSE O estresse é um sintoma que muda nosso estado de espírito. Ele pode ser caracterizado por sensações de irritação, medo, desconforto, preocupação, frustração, indignação, nervosismo, entre outros. O estresse é um sentimento normal. Ele se torna um problema quando as situações simples e rotineiras abalando profundamente o dia. Você pode sentí-lo de diversas maneiras. Entre as maneiras mais conhecidas estão o coração acelerado, batimentos desritmados, tremores e respiração curta e acelerada. O tratamento é com o maracujá. O maracujá contém alcalóides e flavonóides, substâncias que são tranquilizantes, analgésicas e relaxantes musculares no sistema nervoso central. Tratamento: Chá. Um maracujá sem casca, um litro de água. Coloque 1 l de água para ferver juntamente com a polpa de 1 maracujá e 1 colher (chá) de canela. Ferva por 10 minutos. Consuma até 3 vezes por dia.


47) EXPOSIÇÃO A METAIS PESADOS Metais pesados são compostos químicos que podem ser encontrados nos alimentos do dia a dia. E isso afeta nosso organismo. O problema começa quando temos uma grande quantidade desses compostos em nosso corpo e esses compostos acabam causando um envenenamento progressivo. O tratamento complementar é feito com alho. O alho possui propriedades depurativas que ajudam a eliminar todo tipo de toxina do organismo. Tratamento: Chá. Amasse um dente de alho em uma xícara e complete com água fervendo. Tampe e deixe abafar por 10 minutos. Consuma morno a cada 12 horas. PS: Você também pode consumir alho em sua alimentação diária.


48) FADIGA ADRENAL A fadiga adrenal é a dificuldade que o organismo sente em lidar com níveis de estresse por um tempo mais extenso. Ela causa dores pelo corpo, dificuldade para se concentrar, necessidade de sal e cansaço permanente. O tratamento será com a planta ashwagandha. A ashwagandha é originária da Índia e pode ser encontrada em cápsulas, pó e como planta. Ela é antioxidante, anti-inflamatória, revitalizante, afrodisíaca, neuroprotetora, antiestresse, antitumoral, melhora o desempenho físico, eleva a qualidade do sono e fortalece o sistema imunológico. Tratamento: Consumo. O tratamento com a ashwagandha deve ser prescrita pelo seu médico e, assim, saber a maneira correta de consumi-la.


49) FADIGA CRÔNICA A fadiga crônica é caracterizada por uma apatia constante, desânimo, falta de capacidade de se concentrar, cansaço extremo e falta de vontade de agir. Esse mal afeta muitas pessoas e é preciso do diagnóstico profissional para saber a causa da fadiga. O tratamento aqui é com o ginseng siberiano. O ginseng siberiano alivia o estresse, melhora as funções cognitivas, o fortalecimento do sistema imunológico e reduz a fadiga. Tratamento: Chá. Ferva 200 ml de água. Após a fervura, adicione 1 colher (sopa) do ginseng siberiano, abafe e deixe a infusão tampada por 10 minutos. Espere amornar e pode beber. Tome apenas 1 vez por dia.


50) FRIEIRA A frieira acontece por causa de um um fungo chamado trichophyton. Ela pode causar rachaduras, bolhas, coceira e queimação entre os dedos. Principalmente nos dedos dos pés. A planta a ser usada é a cebola. A cebola fortalece o sistema imunológico, é bactericida e fungicida. Tratamento: Cataplasma. Corte ¼ da cebola e amasse até que extraia o sumo. Aplique o sumo no local da frieira e deixe agir por alguns minutos. Repita 2 vezes ao dia.



AVISO IMPORTANTE: Todos os tratamentos aqui mencionados podem ser utilizados pela maioria das pessoas. Entretanto, se você está grávida, amamenta, possui problemas renais, diabetes, inflamações gastrointestinais, possui doenças crônicas ou condições que exijam maior atenção, antes de utilizar qualquer um destes tratamentos, converse com seu médico. Alguns deles possuem alertas por se tratar de plantas que possuem propriedades que reconhecidamente não devem ser utilizadas por determinados grupos. Mas nunca deixe de comunicar seu médico.


Hoje compartilhamos mais 20 dicas do Manual da Saúde Natural de Dayan Siebra. Acompanhe nossos post para as próximas!


Fonte; Manual da saúde natural - 101 chás, plantas e ervas para doenças do dia a dia! Descubra o poder oculto da natureza! Dayan Siebra - Ebook Gratuíto.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page